Concebo Ilustração não como desenho e sim como Instalação Artística. Porque cada livro é único.

.

quarta-feira, 11 de março de 2009

O Y AGORA É DA YARA: Viva!


Certa vez,quando eu era menino, escrevi Iara com Y, durante um ditado, mas minha querida professora, dona Mariquinha, disse que estava errado, porque o Y não constava no nosso alfabeto. Fiquei emburrado com isto, mas obedeci; porque naquela época era assim: a gente obedecia e amava os professores. Agora, com a reforma ortográfica, o Y entrou, elegantíssimo, para o nosso alfabeto. E o Y agora é da Yara; na verdade sempre foi: é só você olhar para a cauda dela que vai ver lá um Y invertido.